Ao longo desses dias aqui, pude entender o que todos me falavam sobre frustações, e como é importante estar em um evento como o SXSW.
 
Cada dia que passa me convenço mais que aquela sensação de que parece que você está perdendo algo, de fato existe e é assim que você se sente na maioria do tempo, principalmente se essa é a sua primeira vez, como é o meu caso.
 
O fato é, você não consegue acompanhar tudo que gostaria, e se não for pelo menos um pouco planejado, "dará com a cara na porta" em várias palestras boas.
 
Outro coisa que percebi é que nem sempre as palestras com pessoas de grandes empresas, ou com grandes nomes, são as melhores. Tenho me surpreendido com palestras e painéis que de pessoas que não são de empresas tão famosas.
 
Às vezes, por sua complexidade e normas, as pessoas que falam em nome de grandes empresas, acabam não podendo falar muito a fundo sobre suas estratégias e o que realmente gostaríamos de saber.
 
Mas fazendo um resumo de tudo que venho acompanhando nesses dias, o que mais me chamou atenção foi ver que, na maioria dos conteúdos, eles tinham um ponto em comum: o consumidor como foco. Mesmo nas palestras em que falavam sobre Design, bots, VR, todas de uma certa forma falava da importância de entender melhor o consumidor, como ele se comporta, como entende-lo melhor, para entregar uma publicidade mais assertiva, ou para ter um engajamento melhor, e por fim, para entregar uma melhor experiência.